27 de julho de 2009

Espera e Fúria


Sou feito de espera e fúria, de busca e desentendimento... Não espero a ordem frente ao caos, nem acredito em certezas absolutas. Às vezes é melhor seguir pelo caminho errado, pode ser mais interessante tropeçar do que seguir em frente, pode ser mais criativo gritar do que compor... Não espere meu abraço ou meu desprezo, mas se estiver ao meu lado tenha certeza de que nenhuma certeza existe no mundo. Depois, pode entender que a noite nublada é a noite mais bonita, que o tempo de chuva não é tempo de lágrima, mas se mesmo assim tiver vontade de chorar então pode aprender que as palavras mais tristes são as palavras mais bonitas.

Marcos Corbari