19 de agosto de 2009

Ainda hoje,

sentada na escada, de cara amarrada, pensei em você. E em todas as suas loucuras, aquelas loucuras, e eu não sei porque, tudo que você fala no meu ouvido a minha cabeça mistura, e eu penso que somos mais que amigos, você não acha loucura?