21 de agosto de 2009

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o seu cajado me consolam. (Salmo 23:4)