1 de agosto de 2009

Posso

“Eu posso apenas colher margaridas,

Do outro lado há alguém

Que sequer viu uma flor.

Eu posso simplesmente cantar na chuva,

E sempre haverá os que jamais saberão

O que representa a abundância de água.

Eu simplesmente posso!"


Patrícia Orfila