11 de setembro de 2009

A vida eh mesmo coisa muito frágil, uma bobagem, uma irrelevância diante da eternidade do amor de quem se ama...