23 de janeiro de 2010

Palavras do crítico Alfredo Bosi em relação à Machado de Assis:

“Nem utópica nem conformista, a razão machadiana escapa das respostas cortantes do não e do sim: alumia e sombreia a um só tempo.”