18 de maio de 2010

A Menina e seu Caderno

Por entre os dedos
Segura o caderno
Seu instrumento predileto
Para aflorar seus desejos

Inventa palavras
Brinca com as letras
Nas palavras esconde
Seus mais secretos desejos

Pode ser mentiras passageiras
Ou a ancia de se expressar
Mesmo nas lagrimas revelas
A aptidão para amar

Será Pessoa
Ou somente uma menina?
Não faz muita diferença
Pois ,nas linhas ,ela se completa