30 de janeiro de 2013

"Por isso, da próxima vez que me encontrar; não estranhe se ganhar o abraço mais apertado que já te dei. Não me leve a mal se te beijar o rosto com carinho, não pense que estou louco, se me ver dizendo que te amo, não me critique por parecer um idiota quando encontrar minha mãe novamente, por enchê-la de beijos, mesmo homem feito e criado. Não se surpreenda se descobrir que é muito mais importante pra mim do que pensava. E acredite me importo muito mais do que demonstro, sinto muito mais do que exponho, sofro muito mais do que confesso, amo muito mais do que revelo."