29 de janeiro de 2013

Transmito aqui a solidariedade e a iniciativa do meu amigo Eduardo Sauthier Monteiro:

"Amigos do facebook, gostaria de pedir a ajuda de todos para que essa família fosse ajudada. A mãe Elaine, perdeu a dois anos no dia 26-01-2011 seu marido, pai de Deivis Marques Gonçalves e de Gustavo Gonçalves, os dois que, infelizmente, vieram a óbito na tragédia do incêncido na boate kiss em Santa Maria - RS. Enfim gostaria que todos compartilhassem para que tenhamos chance de chegar a mídia e que essa possa ajudar e tentar dar uma vida digna a essa mãe que está sem chão. Escrevi para o quadro Lar Doce Lar e gostaria de compartilhar aqui com todos o que enviei. Desde já agradeço a todos que nos ajudarão.

Olá Luciano, primeiramente gostaria de parabenizar pelo seu programa Caldeirão do Hulk, mais precisamente pelos quadros em que o senhor ajuda famílias carentes que precisam de um anjo da guarda como você. Pois bem, me chamo Eduardo S. Monteiro (19) e moro em Santa Maria, cidade em que ocorreu a tragédia do incêndio na boate Kiss no dia 27.01.2013. Perdi muitos amigos e conhecidos, mas o que mais me chamou a atenção foi o caso de dois irmãos, um deles Gustavo Marques Gonçalves (25) – melhor amigo do meu irmão Guilherme S. Monteiro - que veio a falecer hoje (29.01.2013) com mais de 70% do corpo interno queimado. Antes dessa falência, já lamentávamos muito pela morte de seu irmão Deives Marques Gonçalves (32), o qual – pelo o que conhecemos e sabemos o grande homem que foi – não deve ter tentando se salvar antes de achar seu irmão Gustavo. Sei que existe muitas famílias que precisam de seu ajuda, mas só convivendo com a família Gonçalves para ter uma dimensão da dificuldade que eles têm. Os dois meninos trabalhavam e ajudavam sua mãe nas contas da casa. Essa mãe que se chama Elaine, uma mulher guerreira que já tinha perdido seu marido Elói no dia 26.01.2011 e sua mãe a cerca de três meses atrás. Reside ainda consigo uma filha, muito apegada com seus irmãos que vieram a óbito nessa tragédia. Sabemos as dificuldades que eles passam para se manter. O muro que divide seu terreno com uma vizinha, e faz parte da parede de sua casa, está rachando e corre risco de desabamento, sem falar no estado do resto da casa de madeira com pequenos espaços dentro. Não possuem carro e nenhum tipo de luxo, uma família humilde, porém muito, muito honesta. Sobrevivem agora da venda de doces e salgados feito pela mãe Elaine. Gustavo e Deives, sem dúvida, eram dois grandes homens de corações imensos, sempre procurando ajudar aos outros por mais dificuldades que passavam. Gostaria em nome da cidade de Santa Maria, em nome dessa mãe guerreira que está sem chão, que o senhor fizesse o quadro Lar doce lar com essa família, que mais do que nunca precisa de muita ajuda, essa que seria muito bem vinda se partisse do seu programa. Nós da família Sauthier Monteiro, amigos da família Gonçalves estamos dispostos a fazer qualquer coisa, repito, qualquer coisa para ajudar essa mãe que precisa de muito apoio. Desde já agradeço pelo sua atenção e torço para que possamos juntos dar uma vida digna para dona Elaine, para que ela – mesmo sendo difícil – possa viver o resto da sua vida em um estado melhor.

Atenciosamente Eduardo Sauthier Monteiro
29-01-2013, Santa Maria – RS"