25 de março de 2013

Marcos Rolim

"Pergunto-me muito. Nem sempre obtenho respostas. Certas dúvidas me acompanham por meses. Elas ficam em um canto, hibernando, até que, súbito, pulam faceiras diante da impressão de que encontraram uma resposta."

Artigo| Celulares e correntes douradas