13 de julho de 2013

Pelo direito ao respeito à diferença

Não penso muito no assunto, para mim não incomoda, não importa, não faz diferença se a pessoa é homem, mulher, hétero, gay, lésbica, bi ou transexual, (somos todos seres humanos acima de tudo). Mas eu defendo o direito à diferença, o direito à ser respeitado como é,  eu defendo os direitos humanos, eu defendo a liberdade. Por isso faço questão de compartilhar aqui esse texto do site Iconoclastia Incendiária:

Indianara Siqueira, a trans que pode mudar a lei brasileira