1 de agosto de 2013

A desinformação é alimento do sistema

Bibiana Rabaioli Prestes

Pequenos e embrionários juristas. Com certeza, algum dia, compartilharão desse meu sentimento. Grandes juristas, professores, DA ÁREA PENAL, com certeza já compartilharam e ainda compartilham em algum momento de seu dia-a-dia, desse meu sentimento.
Ao conversar com uma pessoa (LEIGA, QUE NÃO É DA ÁREA JURÍDICA) que é muito próxima e muito querida para mim sobre DIREITO PENAL, POLÍTICA DE DROGAS, DIREITO CARCERÁRIO, MAIORIDADE PENAL... me vem QUASE um desespero. Daí quando lembro que lidarei com isso a vida inteira (pretendo) vem o DESESPERO de vez. Mas, claro, não foge a esperança, nunca!
Porque esse sentimento amedrontador?
Porque cada vez que converso com essa pessoa, e muitas outras pessoas da sociedade em geral, eu vejo COMO É DIFÍCIL para elas compreenderem que o direito penal não pode mais funcionar (nunca "funcionou" na verdade) do jeito que está ai. Que a REPRESSÃO não é boa, é péssima, apenas agrava cada vez mais o problema. Que "MANDAR UM DELINQUENTE PARA A CADEIA E DEIXAR APODRECER" NÃO é a solução, que "REDUZIR A MAIORIDADE PENAL" NÃO é a solução, que "CRIMINALIZAR O USUÁRIO DE DROGAS" NÃO é a solução.
Não compreendem que a origem de todo esse problema não é porque os "marginais" são "do mal, vadios, criminosos", e sim são consequência da sua mais simples condição de "marginais" mesmo, que vivem à margem da sociedade, mas não porque querem e sim porque são excluídos da sociedade, são diminuídos em todos os sentidos e que é ISSO que os leva à criminalidade.
As pessoas em geral não sabem E NÃO QUEREM SABER qual é a origem do problema e qual é REALMENTE a melhor solução: uma solução ressocializadora e com dignidade humana, para acabar com o problema. Simplesmente querem "mandar o meliante apodrecer na cadeia" e tem uns que ainda se dizem "a favor da pena de morte"!
Eu fico extremamente chateada com isso, porque as pessoas no geral, é bem verdade que elas não têm obrigação de saber, mas também não deveriam, então, falar coisas absurdas como essas se não têm conhecimento do TODO.
Também não podemos culpar ninguém por não saber, não são dessa área, e a MÍDIA e o GOVERNO infelizmente não estão interessadas em passar INFORMAÇÃO PRO POVO.
Num país onde tem a 4ª MAIOR POPULAÇÃO CARCERÁRIA DO MUNDO (550 mil PESSOAS) e o (malfadado) título de 18º país MAIS VIOLENTO DO MUNDO, não entender que esse sistema repressivo NÃO FUNCIONA, não é mais admissível! É preciso uma mudança cultural.

As fotografias são do Sidinei Brzuska, feitas no Presídio Central de Porto Alegre, só pra ter uma ideia da realidade...
Fotos: