25 de novembro de 2013

Mobilização pelo fim da violência contra a mulher tem "vitrine viva" e exposição em Porto Alegre



Mais de 3,5 mil ameaças foram registradas no primeiro semestres do ano na Capital, segundo a prefeitura


Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Porto Alegre começou nesta segunda-feira, dia mundial de combate a qualquer tipo de agressão contra a mulher, a campanha pelo enfrentamento da violência a a mulher. Neste ano, a mobilização conta com duas novas ações: a exposição Sobre a Vida, que exibe diferentes formas e olhares sobre o tema; e a performance Vitrine Viva, onde mulheres simulam marcas de violência. 

O lançamento da campanha ocorreu no final da manhã, na Praça XV, no centro da Capital. A Vitrine Viva percorrerá as principais ruas e avenidas de Porto Alegre, começando pela Esquina Democrática. A exposição Sobre a Vida permanece no centro de Porto Alegre até a quarta-feira.

Mais de 3,5 mil ameaças no primeiro semestre 

Conforme dados da Casa de Apoio Viva Maria, da secretaria municipal da Saúde, no primeiro semestre de 2013 foram registradas mais de 3,5 mil ameaças contra mulheres, 2,5 mil lesões, 108 estupros e seis estupros seguidos de morte.

Especial órfãos da violência: 

AQUI o site ZERO HORA reúne praticamente um dossier dos crimes contra mulheres. Acesse para mais informações.