3 de dezembro de 2013

Bitucas de cigarro: Um mal que pode ser combatido


Você sabia que as bitucas de cigarro são uma das principais causas de enchente em um foco específico? Não sabia? Pois sim! Infelizmente, em sua grande maioria, os fumantes não têm a percepção, ou sequer boas maneiras, de lembrar-se de apagar seu cigarro em alguma bituqueira ou jogá-la em algum lixo (apagadas, é claro). Por serem muito pequenas, as bitucas aparentam ser um lixo muito inofensivo. Porém, se molhadas, elas incham de tamanho e podem acabar entupindo algum cano, alguma passagem de água, ou qualquer outro orifício que esteja no seu caminho.

Existem muitos fumantes que não respeitam o meio-ambiente por aí. Mesmo em tempos mais secos, as bitucas são jogadas inocentemente em calçadas, avenidas, ruas, criando um aspecto sujo à imagem de um respectivo lugar. Você pode até não perceber se uma bituca estiver jogada. Mas e se você visualizar uma rua que tenha 20 bitucas reunidas em um único espaço? Aí a coisa muda, não é mesmo? 
 

Para isso, temos uma solução muito simples. Algumas empresas, que já possuem a preocupação com questões socioambientais, disponibilizam as chamadas “bituqueiras”, que são espécies de cilindros de plástico com uma tampa, que recebem até 15 bitucas apagadas, não poluindo as ruas de sua cidade.

Há, também, uma solução mais propícia e improvisada que já está sendo implantada pela prefeitura de São Paulo: lixeiras distribuídas por toda a cidade.

Com as novas lixeiras, que podem ser encontradas a cada 150 metros, pelas ruas da capital, uma plaquinha de metal reforça esta ação através da seguinte frase: “APAGUE SEU CIGARRO”. Trata-se de um lembrete para que o fumante tenha uma atitude consciente ao apagar o seu cigarro.
Viu? É tão simples você não poluir a nossa cidade, a sua cidade!

É só prestar atenção e não jogar NENHUMA bituca no chão.
Mesmo que você não tenha nenhum tipo de bituqueira disponível, não há com o que se preocupar: arranje um tubinho de M&M’s Mini (não será esforço algum comer aquele chocolate delicioso, não é mesmo?) e coloque-o na sua bolsa, ou no seu bolso (não tomará muito espaço).

Use-o como uma bituqueira. Não fica com cheiro dentro da sua bolsa ou do seu bolso, é prático, e muito, muito simples. Apague-o na sola de seu sapato, e coloque-o lá dentro. A sola do sapato não será prejudicada, eu garanto! Basta você ter a vontade de ajudar o planeta a ser mais bem cuidado.

Eu, Mônica Menezes, sou fumante há 4 anos, e tomei essa iniciativa de não jogar bitucas nas vias públicas há cerca de um ano. Acredito, sim, que por causa dessa minha atitude, sou uma pessoa que começa a colaborar com o meio ambiente. E aí, meus parceiros fumantes, o que acham de não poluírem as ruas com as bituquinhas do mal? Contamos com vocês! 
 

*Em tempo: o texto acima não é uma apologia ao cigarro. Queremos apenas conscientizar os fumantes a não jogarem suas bitucas nas vias públicas e contribuírem com a preservação do meio ambiente.
 


por Mônica Menezes.