5 de dezembro de 2013

Pilha ecológica funciona a base de água e não polui o meio ambiente

Objeto fabricado sem substâncias tóxicas funciona ao ser mergulhado na água e ainda promete não causar grandes impactos ambientais


Uma pilha produzida sem metais pesados como cádmio, chumbo e mercúrio é o mais novo produto sustentável à venda na Suíça desde novembro. Para que a pilha funcione é preciso mergulhá-la na água de 5 a 10 minutos a fim de que os íons positivos e negativos se misturem e gerem a carga.
Esta alternativa de pilha, segundo Oliver Chauffat, um dos três investidores do produto suíço, é fabricada com polipropileno, um tipo de plástico a qual a taxa de reciclagem chega a atingir a marca de 85%, contra 50% das pilhas comuns. Além disso, a pilha ecológica não tem voltagem e não emite carga de eletricidade antes de ser ativada, somente possui quanto mergulhada em água. Os fabricantes ainda garantem que ela pode ser armazenada por tempo indefinido, ou seja, pode ser reutilizada.
Patrice Horowitz, uma das investidoras, relata que a escolha do local de lançamento do produto sustentável foi por conta de que “Do ponto de vista tecnológico e ecológico, a Suíça é um país onde nos parecia importante estar presentes”, devido à responsabilidade sócio ambiental do país o qual recicla 70% das pilhas usadas.
O produto pode ser usado em lanternas de luz LED, rádio-relógio, walkie-talkie e controles remotos, os quais tem tempo médio de uso de 2 anos. A pilha ecológica só não consegue atender a demanda de carga de aparelhos com maiores voltagens, como câmeras digitais e MP3.
Esta tecnologia de pilha ecológica foi criada originalmente pelo holandês Niels Bakker há cinco anos na China, país onde a empresa investidora do produto almeja produzir de três e cinco milhões de pilhas ecológicas mensalmente em 2014.
Pilha ecológica
Foto: portaljipa