17 de março de 2014

Erros do passado

Fotógrafo fez retratos de 12 presidiários e pediu que cada um deles escrevesse carta para si mesmo quando jovem.

O fotógrafo norte-americano Trent Bell ficou chocado quando soube, no ano passado, que um amigo próximo havia sido sentenciado a 36 anos de prisão. "Um profissional com bom nível de educação, casado e pai de quatro crianças", conforme descreveu.
Nos meses seguintes, ele não conseguiu pensar em outra coisa, tamanho foi o trauma. Passado algum tempo, o fotógrafo resolveu direcionar toda aquela angústia para a arte. Foi quando concebeu o projeto "Reflect", por meio do qual fotografou 12 presidiários de uma penitenciária no Maine, nos Estados Unidos, e pediu a cada um deles que escrevesse uma carta para si mesmo quando jovem.
"Nossas más escolhas podem esconder perdas, remorsos e arrependimentos. Mas o valor dessas más escolhas são incomensuráveis quando as encaramos de frente, aprendemos com elas e encontramos força para compartilhar algo positivo", diz Trent Bell.

Veja todas as fotos no site OBVIOUS
© obvious: http://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/2014/03/erros-do-passado.html#ixzz2wBf78m7t 
Follow us: obviousmagazine on Facebook