20 de março de 2014

Paz

"Pode parecer quase inútil falar de paz quando tudo que vemos à nossa volta está em contínuo estado de "falta de paz". Mas considere as flores. Elas também vivem neste ambiente sem paz. Elas também têm que suportar a poluição e o declínio do mundo da natureza. No entanto, seja onde estiverem, à beira da estrada congestionada, no deserto, em meio aos espinhos, elas são eternamente belas e perfumadas. Nós também somos como flores. Somos as flores do jardim de Deus. Nesse jardim universal da correria diária também somos ameaçados pela poluição e circunstâncias desagradáveis. Mas sendo flores, é possível viver em nosso estado natural de paz e espalhar nossa fragrância ao redor."
Brahma Kumaris