11 de julho de 2014

ARMADA DE DUMBLEDORE REUNIDA PARA FINAL DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

Harry Potter está de volta: leia na íntegra a tradução do conto inédito de JK Rowling


Tradução de Rodrigo Cosma


"Se lembram da jornalista Rita Skeeter? A JK Rowling deu um presente pros seus fãs em seu site Pottermore.com na forma de um artigo dessa mesma jornalista, relatando um encontro entre os bruxos da Armada de Dumbledore na final da Copa Mundial De Quadribol (timing bem calculado). Nele, a jornalista descreve o herói, com fios de cabelo branco e ainda com seus óculos redondos.
Segue o conto inédito de Harry Potter traduzido na íntegra, para quem quiser ler.
PS: A tradução que eu fiz (Rodrigo Cosma) está em vermelho. Abaixo dela, o texto original, em inglês."


ARMADA DE DUMBLEDORE REUNIDA PARA FINAL DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

escrita pela correspondente de fofocas do Profeta Diário, Rita Skeeter

Existem celebridades – e existem celebridades. Vimos muitas caras famosas do mundo bruxo a nos agraciar aqui no Deserto da Patagônia – Ministros e Presidentes, Celestina Warbeck, a banda controversa americana The Bent-Winged Snitches – todos causaram urros de excitação, com membros da multidão se espremendo para conseguir autógrafos e até lançando Encantamentos de Ponte para alcançar as alas Vips acima das cabeças na plateia.
Mas quando a palavra se espalhou no acampamento e estádio que uma certa turma infame de bruxos (não mais aqueles adolescentes de rosto jovem que tinham no seu apogeu, porém ainda reconhecíveis) tinha chego para a final, a excitação foi além de tudo já visto. Enquanto a multidão se debandava para encontrá-los, as tendas se esvaziavam e as crianças pequenas mal se continham. Fãs de todos os cantos do mundo se espremeram na área onde diziam que os membros da Armada de Dumbledore estavam, desesperados para ter um vislumbre do homem que eles ainda chamam de O escolhido.
A família Potter e o resto da Armada de Dumbledore ganharam acomodações na seção VIP do acampamento, que é protegida por encantos pesados e patrulhada por bruxos-seguranças. A presença deles acarretou numa multidão, todos ali com esperança de ver seus heróis. Às 15 horas do dia de hoje, eles ganharam o que queriam, quando Potter levou seus filhos James e Albus para visitar o complexo onde ficam os jogadores, onde ele apresentou-os ao apanhador búlgaro Viktor Krum.
Prestes a completar 34, existem alguns fios cinzas no famoso cabelo negro do auror, mas ele continua usando seus distintos óculos redondos que alguns podem dizer que caem melhor numa criança de 12 sem estilo. A famosa cicatriz de raio tem companhia: Potter agora tem corte feio acima de sua bochecha direita. Pedidos de mais informações sobre a proveniência meramente produzem a resposta de sempre do Ministério da Magia: “Nós não comentamos sobre as missões super secretas do Departamento de Aurores, como já falamos 514 vezes, sra. Skeeter.” Então o que eles estão escondendo? Estaria o Escolhido enredado em mistérios que podem um dia explodir todos nós, mergulhando-nos numa nova era de terror e mutilação?
Ou será que essa ferida tem uma origem mais humilde, uma que Potter está desesperado para esconder? Será que talvez sua esposa o amaldiçoou? Será que rachaduras estão começando a aparecer numa união que os Potters estão determinados a promover como feliz? Será que devemos interpretar algo no fato de sua mulher Ginevra estar perfeitamente contente ao deixar seu esposo e filhos em Londres enquanto treina para a Copa? Ninguém sabe se ela realmente tem o talento ou experiência necessários para ser mandada para a Copa Mundial de Quadribol (sabemos sim – Não tem!!), mas vamos encarar, quando seu sobrenome é Potter, portas se abrem, confederações esportivas internacionais se curvam em reverência e editores do Profeta Diário te dão destaques na capa.
Como seus fãs devem se lembrar, Potter e Krum competiram um contra o outro no polêmico Torneio Tribruxo, mas aparentemente não guardam nenhum ressentimento, já que se abraçaram quando se viram (o que aconteceu naquele labirinto? É tentador especular, dado o quão caloroso foi o cumprimento dos dois). Depois de meia hora conversando, Potter e seus filhos retornaram para o acampamento, onde socializaram com o resto da Armada Dumbledore até a noite.
Na tenda ao lado estão os amigos mais próximos do Potter, aqueles que sabem tudo sobre ele, mas sempre se recusaram a falar com a imprensa. Estão eles com medo, ou são os próprios segredos deles que eles temem que sejam vazados, manchando a lenda criada em torno da derrota Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado? Atualmente casados, Ronald Weasley e Hermione Granger estiveram com Harry Potter em quase todos os momentos de sua trajetória. Como o resto da Armada de Dumbledore, eles lutaram na Batalha de Hogwarts e sem dúvidas merecem os aplausos e medalhas por sua bravura dados a eles pelo mundo bruxo.
Logo após o fim da batalha, Weasley, cujo famoso cabelo ruivo parece ligeiramente mais rareado, também conseguiu um emprego no Ministério da Magia junto com seu melhor amigo, mas saiu dois anos depois para co-gerenciar o altamente bem-sucedido empório de piadas e truques bruxos, o Gemialidades Weasley. Estaria ele, como falou na época “feliz por ajudar meu irmão Jorge num negócio que eu sempre amei”? Ou ele se encheu de ficar sempre à sombra de seu amigo Potter? Será que o trabalho no Departamento de Aurores foi muito para um homem que admitiu que a destruição das Horcruxes Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado o deixou “profundamente mal”? Dessa distância, ele não mostra nenhum sinal óbvio de doença mental, mas o público não pode olha-lo de mais perto para poder tirar suas próprias conclusões. Isso não é suspeito?
 Hermione Granger, obviamente, sempre foi a femme fatale do grupo. Reportagens da época revelaram que, quando adolescente, ela brincou com o coração de Potter antes de ser seduzida pelo musculoso Viktor Krum, e finalmente namorando com o fiel companheiro de Potter. Depois de uma carreira meteórica que a tornou Chefe do Departamento de Execução de Leis Magicas, ela agora está inclinada a ir ainda mais alto no Ministério, e também é mãe de Hugo e Rose. Será que Hermione provou que uma bruxa pode ter tudo (Não – olhem seu cabelo.)?
Além disso, temos aqueles membros da Armada de Dumbledore que receberam ligeiramente menos publicidade que Potter, Weasley e Granger (estariam eles ressentidos? Quase que com certeza.) Neville Longbottom, agora um professor muito popular de Herbologia na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria, também está aqui na Patagonia com sua esposa Hannah. Até recentemente, o casal vivia no Caldeirão Furado em Londres, mas boatos afirmam que Hannah não apenas foi treinada para Curadora, como também está se candidatando à vaga de enfermeira em Hogwarts. Fofocas sugerem que ela e seu marido gostam de Whisky de Fogo mais do que esperaríamos de pessoas que cuidam de nossas crianças, mas sem dúvidas esperamos que ela tenha sorte na sua empreitada.
Por último entre os principais membros da Armada de Dumbledore, temos, obviamente, Luna Lovegood (agora casada com Rolf Scamander, neto do aclamado Magozoologista Newt). Ainda encantadoramente excêntrica, Luna anda pra lá e pra cá na seção VIP com hobbies compostos com as cores de todos os 16 países qualificados. Seus gêmeos estão “em casa com seu avô”. Seria esse um eufemismo para “Muito perturbados para serem vistos em público”? Certamente alguém mais rude poderia sugerir isto.
Diversos outros membros da Armada estão aqui, mas é entre esses seis que os holofotes brilham mais forte. Onde quer que uma cabeça vermelha esteja, alguém pode deduzir que pertença a um Weasley, mas é difícil de dizer se é de Jorge (endinheirado co-fundador do Gemialidades Weasley), Carlinhos (domador de dragões, ainda solteiro – porque?) ou Percy (Chefe do Departamento de Transportes Mágicos – é sua culpa que a rede Flu está tão congestionada!). O único fácil de indentificar é o Gui que, pobre homem, é gravemente desfigurado depois de seu confronto com um lobisomem e, mesmo assim (encantamento? Poção do amor? Chantagem? Sequestro?) é casado com a inegavelmente deslumbrante (porém sem dúvidas cabeça-de-vento) Fleur Delacour.
Provavelmente veremos esses e outros membros da Armada de Dumbledore nos camarotes Vip’s no final da Copa, contribuindo para o glamour do evento. Vamos torcer para que o comportamento de dois de seus jovens herdeiros não causem embaraço para eles, trazendo vergonha para aqueles que honraram seu sobrenome bruxo.
É sempre complicado invadir a privacidade de adolescentes, mas a verdade é que qualquer um próximo de Harry se beneficia e precisa pagar com a pena de despertar interesse do público. Sem dúvidas, Potter vai ficar triste em saber que seu afilhado de 16 anos Teddy Lupin – um esguio meio-lobisomem com cabelo azul-brilhante – está se comportando de um jeito que prejudica a realeza bruxa desde que chegou no acampamento VIP. Talvez seja pedir demais que o sempre ocupado Potter eduque seu selvagem afilhado com uma rédea mais curta, educação que foi confiada à ele pelos pais do garoto antes de morrerem, mas estremecemos só de  pensar no que pode acontecer caso o Lupin não sofra uma intervenção urgente. Enquanto isso, O senhor e a senhora Gui Weasley talvez fiquem felizes em saber que sua linda e loira filha Victoire parece se sentir atraída para qualquer canto escuro que Lupin esteja enfiado. A boa notícia é que ambos parecem ter inventado um método de respirar por suas orelhas. Não consigo pensar em outra maneira deles conseguirem ter sobrevivido por tempos tão prolongados de, como diziam na minha época, ‘amassos’.
 Mas não sejamos severos! Harry Potter e seus companheiros nunca disseram que eram perfeitos! E para aqueles que querem saber exatamente o quão imperfeitos eles são, minha nova biografia: Armada de Dumbledore: O lado negro dos soldados dispensados estará disponível em 31 de Julho.

DUMBLEDORE’S ARMY REUNITES AT QUIDDITCH WORLD CUP FINAL
By the Daily Prophet’s Gossip Correspondent, Rita Skeeter.
There are celebrities – and then there are celebrities. We’ve seen many a famous face from the wizarding world grace the stands here in the Patagonian Desert – Ministers and Presidents, Celestina Warbeck, controversial American wizarding band The Bent-Winged Snitches – all have caused flurries of excitement, with crowd members scrambling for autographs and even casting Bridging Charms to reach the VIP boxes over the heads of the crowd.

But when word swept the campsite and stadium that a certain gang of infamous wizards (no longer the fresh-faced teenagers they were in their heyday, but nevertheless recognisable) had arrived for the final, excitement was beyond anything yet seen. As the crowd stampeded, tents were flattened and small children mown down. Fans from all corners of the globe stormed towards the area where members of Dumbledore’s Army were rumoured to have been sighted, desperate above all else for a glimpse of the man they still call the Chosen One.
The Potter family and the rest of Dumbledore’s Army have been given accommodation in the VIP section of the campsite, which is protected by heavy charms and patrolled by Security Warlocks. Their presence has ensured large crowds along the cordoned area, all hoping for a glimpse of their heroes. At 3pm today they got their wish when, to the accompaniment of loud screams, Potter took his young sons James and Albus to visit the players’ compound, where he introduced them to Bulgarian Seeker Viktor Krum.
About to turn 34, there are a couple of threads of silver in the famous Auror’s black hair, but he continues to wear the distinctive round glasses that some might say are better suited to a style-deficient twelve-year-old. The famous lightning scar has company: Potter is sporting a nasty cut over his right cheekbone. Requests for information as to its provenance merely produced the usual response from the Ministry of Magic: ‘We do not comment on the top secret work of the Auror department, as we have told you no less than 514 times, Ms. Skeeter.’ So what are they hiding? Is the Chosen One embroiled in fresh mysteries that will one day explode upon us all, plunging us into a new age of terror and mayhem?
Or does his injury have a more humble origin, one that Potter is desperate to hide? Has his wife perhaps cursed him? Are cracks beginning to show in a union that the Potters are determined to promote as happy? Should we read anything into the fact that his wife Ginevra has been perfectly happy to leave her husband and children behind in London whilst reporting on this tournament? The jury is out on whether she really had the talent or experience to be sent to the Quidditch World Cup (jury’s back in – no!!!) but let’s face it, when your last name is Potter, doors open, international sporting bodies bow and scrape, and Daily Prophet editors hand you plum assignments.
As their devoted fans and followers will remember, Potter and Krum competed against each other in the controversial Triwizard Tournament, but apparently there are no hard feelings, as they embraced upon meeting (what really happened in that maze? Speculation is unlikely to be quelled by the warmth of their greeting). After half an hour’s chat, Potter and his sons returned to the campsite where they socialised with the rest of Dumbledore’s Army until the small hours.
In the next tent are Potter’s two closest associates, the ones who know everything about him and yet have always refused to talk to the press. Are they afraid of him, or is it their own secrets they are afraid will leak out, tarnishing the myth of He Who Could Not Be Named’s defeat? Now married, Ronald Weasley and Hermione Granger were with Potter almost every step of the way. Like the rest of Dumbledore’s Army, they fought in the Battle of Hogwarts and no doubt deserve the plaudits and awards for bravery heaped upon them by a grateful wizarding world.
In the immediate aftermath of the battle Weasley, whose famous ginger hair appears to be thinning slightly, entered into employment with the Ministry of Magic alongside Potter, but left only two years later to co-manage the highly successful wizarding joke emporium Weasleys’ Wizard Wheezes. Was he, as he stated at the time, ‘delighted to assist my brother George with a business I’ve always loved’? Or had he had his fill of standing in Potter’s shadow? Was the work of the Auror Department too much for a man who has admitted that the destruction of He Who Could Not Be Named’s Horcruxes ‘took its toll’ on him? He shows no obvious signs of mental illness from a distance, but the public is not allowed close enough to make a proper assessment. Is this suspicious?
Hermione Granger, of course, was always the femme fatale of the group. Press reports of the time revealed that as a teenager she toyed with the young Potter’s affections before being seduced away by the muscular Viktor Krum, finally settling for Potter’s faithful sidekick. After a meteoric rise to Deputy Head of the Department of Magical Law Enforcement, she is now tipped to go even higher within the Ministry, and is also mother to son, Hugo, and daughter, Rose. Does Hermione Granger prove that a witch really can have it all? (No – look at her hair.)
Then there are those members of Dumbledore’s Army who receive slightly less publicity than Potter, Weasley and Granger (are they resentful? Almost certainly). Neville Longbottom, now a popular Herbology teacher at Hogwarts School of Witchcraft and Wizardry, is here in Patagonia with his wife Hannah. Until recently the pair lived above the Leaky Cauldron in London, but rumour has it that Hannah has not only retrained as a Healer, but is applying for the job of Matron at Hogwarts. Idle gossip suggests that she and her husband both enjoy a little more Ogden’s Old Firewhisky than most of us would expect from custodians of our children, but no doubt we all wish her the best of luck with her application.
Last of the ringleaders of Dumbledore’s Army is, of course, Luna Lovegood (now married to Rolf Scamander, swarthy grandson of celebrated Magizoologist Newt). Still delightfully eccentric, Luna has been sweeping around the VIP section in robes composed of the flags of all sixteen qualifying countries. Her twin sons are ‘at home with grandpa’. Is this a euphemism for ‘too disturbed to be seen in public’? Surely only the unkindest would suggest so.
Sundry other members of the Army are here, but it is on these six that most interest is focused. Wherever there is a red head one may make an educated guess that it belongs to a Weasley, but it is difficult to tell whether it is George (wealthy co-manager of Weasleys’ Wizard Wheezes), Charlie (dragon wrangler, still unmarried – why?) or Percy (Head of the Department of Magical Transportation – it’s his fault if the Floo Network’s too busy!). The only one who is easy to recognise is Bill who, poor man, is grievously scarred from an encounter with a werewolf and yet somehow (enchantment? Love potion? Blackmail? Kidnap?) married the undeniably beautiful (though doubtless empty-headed) Fleur Delacour.
Word is that we shall see these and other members of Dumbledore’s Army in the VIP boxes at the final, adding to the glitz and razzmatazz of a gala occasion. Let us hope that the behaviour of two of their younger hangers-on does not embarrass them, heaping shame on those who have previously brought honour to the name of wizard.
One always hesitates to invade the privacy of young people, but the fact is that anyone closely connected with Harry Potter reaps the benefits and must pay the penalty of public interest. No doubt Potter will be distressed to know that his sixteen-year-old godson Teddy Lupin – a lanky half-werewolf with bright blue hair – has been behaving in a way unbefitting of wizarding royalty since arriving on the VIP campsite. It might be asking too much that the always-busy Potter keep a tighter rein on this wild boy, who was entrusted to his care by his dying parents, but one shudders to think what will become of Master Lupin without urgent intervention. Meanwhile, Mr and Mrs Bill Weasley might like to know that their beautiful, blonde daughter Victoire seems to be attracted to any dark corner where Master Lupin happens to be lurking. The good news is both of them seem to have invented a method of breathing through their ears. I can think of no other reason how they have survived such prolonged periods of what, in my young day, was called ‘snogging.’
But let us not be severe. Harry Potter and his cohorts never claimed to be perfect! And for those who want to know exactly how imperfect they are, my new biography: Dumbledore’s Army: The Dark Side of the Demob will be available from Flourish and Blotts on July 31st.