23 de julho de 2014

Segunda Chance, conheça a agência de empregos feita por e para ex-presidiários


Há quem pense que a prisão é o preço que se paga pelo crime, mas a verdade é que esse preço vai muito além. A reinserção do ex-detento na sociedade tem como principal barreira o preconceito, principalmente na hora de se candidatar a uma vaga de emprego.
Para tentar driblar isso, o grupo cultural AfroReggae, conhecido por seus projetos sociais, criou aSegunda Chance, uma agência de empregos administrada por ex-presidiários que tem como objetivo colocar  pessoas também ex-presidiárias no mercado de trabalho. Operando nas duas sedes, Rio de Janeiro e São Paulo, o processo de seleção é todo feito por ex-comandantes do tráfico que cumpriram suas penas e mudaram de vida. Empregados como executivos da agência, eles têm o ofício diário de receber os candidatos e entrar em contato com empresas para firmar parcerias e conquistar vagas. Se antes eles contratavam para o crime, agora contratam para o mercado de trabalho lícito e ainda mudam a vida de outras pessoas ligadas a esse mundo. 
Graças à parceria com mais de 50 empresas brasileiras, já foram atendidos 3099 ex-detentos, sendo que 15% (450 pessoas) foram contratados. Dar essa chance ao ex-detento é permitir que ele não volte para o crime e que consiga firmar sua proposta de vida lícita.
Afinal, todos merecemos uma segunda chance, não é mesmo?


Para chamar atenção dos diretores de RH e empresários, foi criado um calendário retratando 12 ex-presidiários e a sua convivência diária com o preconceito (cada um conta a sua história e dá o seu depoimento, feito à mão). Ao todo, foram enviados 600 calendários e a pergunta que paira sobre eles – “você daria emprego a um ex-presidiário?”.

FONTE: Hypeness