14 de janeiro de 2015

Derivado da maconha, canabidiol é liberado pela Anvisa para uso controlado

14 de janeiro de 2015 
O canabidiol, derivado da maconha, foi retirado da lista de substâncias proibidas no país nesta quarta-feira, 14. A decisão foi tomada pela diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que o reclassificou na lista de substâncias controladas.
A decisão inédita reconhece oficialmente o efeito terapêutico de uma substância proveniente da cannabis sativa. Ela também abre espaço para que diferentes indústrias pesquisem a substância a fim de desenvolver produtos e até medicamentos à base dela no país - todos sujeitos à aprovação da Anvisa.
De acordo com reportagem da Fola de S. Paulo, a reclassificação foi aprovada por unanimidade. Durante o processo, os diretores da instituição citaram estudos científicos que mostram que a substância não apresenta risco de dependência.
Com a decisão, o canabidiol passa agora da lista F2 (substâncias proibidas) para a lista C1 (substâncias controladas) - que inclui medicamentos. A pesquisa, desenvolvimento e registro desses medicamentos precisam ser aprovados pela Anvisa.
Leia a íntegra da matéria na Folha de S. Paulo.