11 de junho de 2015

Não cortem a Árvore da Pracinha da Escola Estadual de Ensino Fundamental Alfredo Westphalen!

Essa foto eu tirei no feriado da Páscoa desse ano. Eu não sei quantos anos essa árvore tem, mas eu sei que quando eu tinha 5 anos eu fui estudar nessa Escola e ela já estava lá.
É a Escola Estadual de Ensino Fundamental Alfredo Westphalen.
Lá nós aprendemos a amar e cuidar do meio ambiente e das árvores desde o prézinho, e no recreio eu e minhas coleguinhas íamos correndo para essa Árvore, onde era o nosso Clubinho, o Clubinho das Meninas. E os meninos (Marcelo A. da Silva...) ficavam ao redor subindo e descendo o barranco pra tentar entrar no club.
A árvore é um Eucalipto e em época ele dá uns "copinhos", e com esses copinhos nós brincávamos de casinha, eles eram os copinhos da casinha.
Eu tenho uma foto num álbum onde estamos eu, aPâmela Franco, a Janaína Sabino, a Tamara Wunder de Borba e a Angela Dominguez nessa árvore!
Vocês lembram que a gente brincava nessa árvore?
Pois é, pra mim ela é bastante marcante, ainda que a gente não tenha mais tanto contato, ela me lembra daquele tempo... e como era bom aquele tempo.
Só que hoje eu tive a triste notícia de que estão querendo derrubar essa árvore.
Alguém disse para a Diretora que a árvore não tem raiz profunda e pode cair. Mas de PODE para CAIR pode haver décadas de distância.
Como técnica agrícola, sei que eucaliptos possuem raízes retas que podem até atingir o lençol freático pois buscam por bastante consumo de água. Estou buscando informação com um professor de silvicultura a respeito, e quero passar a informação correta para a Diretora. Essa não é uma árvore que seja necessária autorização para o corte, mas ela tem um valor muito grande para essa Escola.
Ainda, é possível fazer um muro de contenção e preencher com terra, ao redor da árvore pra fortalecer a sustentação. Não é necessário o corte.
Eu me importo. Eu estudei lá, também minha irmã e meu irmão estudaram. E vocês e seus irmãos...
Lembram das mudas de Pau-Brasil que plantamos? Só existe um lá até hoje, e meio mal desenvolvido, isso quer dizer que depois que não estivemos mais lá pra cuidar, a Escola também não tomou conta, e agora querem cortar a Árvore da pracinha.
Eu escrevi isso para refletir, para vocês refletirem.
Eu vou falar com a Diretora com certeza.
Realmente espero que não cortem essa árvore.
Seria mais uma em Seberi.
Eu estou quase apelidando como "Seberi: cidade dos cortes de árvores".
Beijos pra vocês, antigos amigos, se quiserem/puderem/acharem que devem fazer algo a respeito, por favor o façam. Mas logo, antes que cortem a Árvore.
 — em Seberi, Rio Grande Do Sul, Brazil.

Ver no link: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=831590233598123&set=a.157202917703528.36401.100002414614295&type=1&theater